Olá galera !

Muita gente me questiona a respeito de Recovery de Databases no Exchange Server e sem dúvidas é uma das questões mais importantes para quem é ADM de Messaging.

Caso você não possua DAGs (Exchange 2010 e Exchange 2013) é melhor se preocupar bastante com essa questão !!

Abaixo vou demonstrar para vocês como se recupera uma Database de Exchange em caso de problemas, utilizando o comando ESEUTIL, visto que o ISINTEG foi removido do Exchange a partir da versão 2010 SP1:

Primeiro é necessário garantir que a Database esteja mesmo comprometida. Tente montá-la clicando com o botão direito sobre a mesma e “Mount Database“.

Caso ocorra um erro ao montar, se atente a respeito das demais Databases, se todas tiverem desmontadas, verifique se o Serviço Information Store está iniciado.

Se estiver iniciado, verifique o status da Database em questão com o comando ESEUTIL/MH:

Caso esteja em Clean Shutdown, vá até a pasta de LOGS da Database em questão e mova todos para uma pasta Backup, depois compacte e guarde caso seja necessário.

Movendo os logs a Database deverá montar, visto não estar corrompida.

Caso o output do comando seja este:

Significa que a Database está mesmo comprometida. Você poderá optar pela solução mais simples, Restore de um Backup atual ou Repair da Database utilizando o comando ESEUTIL.

Caso o comando ESEUTIL /MH informe que existe um log perdido ou corrompido, você poderá optar por executar o comando ESEUTIL /R , denominado SOFT RECOVERY, informando o log perdido conforme segue:

Após executar o comando acima, o resultado deverá ser:

Ai é só montar a Database recuperada.

Em caso de perda de arquivos, ocasionando Dirty Shutdown é necessário utilizar o método HARD RECOVERY da Database, utilizando o comando ESEUTIL /P:

Dependendo do tamanho da sua Database, Memória e Processadores do Servidor em questão, você terá um cálculo de 12hs para recuperar uma Database de 100GB.

Recomendo sempre aos meus alunos e clientes que executem o ESEUTIL em uma cópia da Database corrompida e se possível, leve-a para outro Servidor que tenha um espaço em disco melhor, mais processadores e mais memória pois tudo isso influencia no Repair.

O cálculo de espaço necessário para recovery de uma Database de 100Gb como no exemplo é:

100gb + 100gb + 20% onde os 100gb adicionais são para o arquivo TEMP gerado e os 20% a mais para o processamento do comando.

**Os comandos funcionam em todas as versões do Exchange Server.

Fica uma dica, sempre tenha um bom Backup que lhe proporcione o RESTORE da Database caso seja necessário, pois o Repair da DB é sempre mais demorado.

Fontes utilizadas no post:

http://www.mikepfeiffer.net/2010/04/getting-an-exchange-database-into-a-clean-shutdown-state-using-eseutil/

http://www.computerperformance.co.uk/exchange2010/exchange_2010_eseutil.htm

Um grande abraço a todos !

Rodrigo Lopes
Absolut IT Soluções em Suporte e Tecnologia | Microsoft Partner
MCT | MCSE | MCITP | Enterprise, Server, Lync and Virtualization Administrator, MCSA, MCTS | Active Directory, MCTS | Windows Server 2008 Virtualization, MCDST

Anúncios
comentários
  1. fsgarcez disse:

    Parabéns pelo artigo Rodrigo!

  2. Saimon disse:

    Boa dica Rodrigo!
    Adicionei um link para o seu blog no meu blog.

    Abraço

  3. Paulo Tostes disse:

    Fantástico….Muito bom.
    E ainda estou na espera daquela maratona de labs presenciais voltados para troubleshoots hein L0L
    Abraços

  4. Adriano disse:

    Salvou minha vida. Muito obrigado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s