Olá galera !

Muita gente me questiona a respeito de Recovery de Databases no Exchange Server e sem dúvidas é uma das questões mais importantes para quem é ADM de Messaging.

Caso você não possua DAGs (Exchange 2010 e Exchange 2013) é melhor se preocupar bastante com essa questão !!

Abaixo vou demonstrar para vocês como se recupera uma Database de Exchange em caso de problemas, utilizando o comando ESEUTIL, visto que o ISINTEG foi removido do Exchange a partir da versão 2010 SP1:

Primeiro é necessário garantir que a Database esteja mesmo comprometida. Tente montá-la clicando com o botão direito sobre a mesma e “Mount Database“.

Caso ocorra um erro ao montar, se atente a respeito das demais Databases, se todas tiverem desmontadas, verifique se o Serviço Information Store está iniciado.

Se estiver iniciado, verifique o status da Database em questão com o comando ESEUTIL/MH:

Caso esteja em Clean Shutdown, vá até a pasta de LOGS da Database em questão e mova todos para uma pasta Backup, depois compacte e guarde caso seja necessário.

Movendo os logs a Database deverá montar, visto não estar corrompida.

Caso o output do comando seja este:

Significa que a Database está mesmo comprometida. Você poderá optar pela solução mais simples, Restore de um Backup atual ou Repair da Database utilizando o comando ESEUTIL.

Caso o comando ESEUTIL /MH informe que existe um log perdido ou corrompido, você poderá optar por executar o comando ESEUTIL /R , denominado SOFT RECOVERY, informando o log perdido conforme segue:

Após executar o comando acima, o resultado deverá ser:

Ai é só montar a Database recuperada.

Em caso de perda de arquivos, ocasionando Dirty Shutdown é necessário utilizar o método HARD RECOVERY da Database, utilizando o comando ESEUTIL /P:

Dependendo do tamanho da sua Database, Memória e Processadores do Servidor em questão, você terá um cálculo de 12hs para recuperar uma Database de 100GB.

Recomendo sempre aos meus alunos e clientes que executem o ESEUTIL em uma cópia da Database corrompida e se possível, leve-a para outro Servidor que tenha um espaço em disco melhor, mais processadores e mais memória pois tudo isso influencia no Repair.

O cálculo de espaço necessário para recovery de uma Database de 100Gb como no exemplo é:

100gb + 100gb + 20% onde os 100gb adicionais são para o arquivo TEMP gerado e os 20% a mais para o processamento do comando.

**Os comandos funcionam em todas as versões do Exchange Server.

Fica uma dica, sempre tenha um bom Backup que lhe proporcione o RESTORE da Database caso seja necessário, pois o Repair da DB é sempre mais demorado.

Fontes utilizadas no post:

http://www.mikepfeiffer.net/2010/04/getting-an-exchange-database-into-a-clean-shutdown-state-using-eseutil/

http://www.computerperformance.co.uk/exchange2010/exchange_2010_eseutil.htm

Um grande abraço a todos !

Rodrigo Lopes
Absolut IT Soluções em Suporte e Tecnologia | Microsoft Partner
MCT | MCSE | MCITP | Enterprise, Server, Lync and Virtualization Administrator, MCSA, MCTS | Active Directory, MCTS | Windows Server 2008 Virtualization, MCDST

comentários
  1. fsgarcez disse:

    Parabéns pelo artigo Rodrigo!

  2. Saimon disse:

    Boa dica Rodrigo!
    Adicionei um link para o seu blog no meu blog.

    Abraço

  3. Paulo Tostes disse:

    Fantástico….Muito bom.
    E ainda estou na espera daquela maratona de labs presenciais voltados para troubleshoots hein L0L
    Abraços

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s