Arquivo da categoria ‘Exchange Server’

Olá pessoal!

Durante a migração de caixas de usuário do Exchange On-premise para o Office 365, você poderá se deparar com erros de SMTP´s secundários não contemplados durante a configuração do HCW (Hybrid Configuration Wizard).

Obs: Será necessário realizar os passos abaixo com uma conta que tenha permissão de acesso às mailbox dos usuários em nível administrativo.

Para que você remova os endereços smtp´s secundários e consiga migrar as caixas de forma tranquila, siga os passos :

Crie um arquivo .csv seguindo os passos:

Abra o Notepad e digite a linha

PrimarySmtpAddress, Remove_smtpAddress   –   Abaixo, popule com o e-mail principal, e-mail secundário a ser removido.

Vai ficar dessa maneira:

PrimarySmtpAddress, Remove_smtpAddress
seuusuario@seudominio.com.br,seuusuario@seudominioantigo.com.br
Seuusuario1@seudominio.com.br,seuusuario1@seudominioantigo.com.br
Seuusuario2@seudominio.com.br,seuusuario2@seudominioantigo.com.br
Seuusuario3@seudominio.com.br,seuusuario3@seudominioantigo.com.br

Salve o arquivo com um nome simples, exemplo removeoldsmtp.csv em um diretório de fácil acesso.

*Obs: Lembre-se de renomear o arquivo de .txt para .csv.

Abra o Exchange Management Shell e importe o .csv criado:

$MBXs = import-csv “C:\temp\removeoldsmtp.csv”

Após importar o .csv, execute o comando:

$MBXs | foreach { Set-Mailbox -identity $_.PrimarySmtpAddress -EmailAddresses @{remove= $_.Remove_smtpAddress}}

Confira o resultado no output.

Abraços e até a próxima!

Rodrigo Lopes
MTAC – Multi-Platform Technical Audience Contributor | MCT | MCSE| MCSA Office 365
Facebook: Rodrigo Lopes MTAC/MCT

Anúncios

Olá pessoal,

Durante o Setup da Configuração Híbrida do Office 365 com o Exchange 2013, ao executar o Hybrid Configuration Wizard no Exchange Server 2013, você poderá se deparar com o seguinte erro:

“Updating hybrid configuration failed with error ‎’Subtask CheckPrereqs execution failed: Check Tenant Prerequisites Deserialization fails due to one SerializationException:
Microsoft.Exchange.Compliance.Serialization.Formatters.BlockedTypeException: The type to be ‎(de)‎serialized is not allowed: Microsoft.Exchange.Data.Directory.DirectoryBackendType,Microsoft.Exchange.Data.Directory, Version=15.0.0.0″

 

 

Untitled picture

Para resolver esse problema, será necessário baixar o Exchange Server 2013 CU6, conforme a doc:

Important update available for Exchange Server 2013 hybrid deployments

http://blogs.technet.com/b/exchange/archive/2014/07/30/important-update-available-for-exchange-server-2013-hybrid-deployments.aspx

Enjoy!

Rodrigo Lopes
Absolut IT Soluções em Suporte e Tecnologia | Microsoft Cloud Partner
MTAC – Microsoft Technical Audience Contributor | MCT | MCSE: Windows Server 2012, Private Cloud | MCSA | MCITP | Enterprise, Server, Lync and Virtualization Administrator, MCTS| Active Directory, MCTS | Windows Server 2008 Virtualization, MCDST, MCP

 

 

 

Olá pessoal,

Durante a configuração do ADFS 2.0, pode ser necessário reinstalar todo o serviço em caso de problemas de setup.

Para isso, vá até o Adicionar/Remover Programas, Updates Instalados e remova o ADFS 2.0.

Após removê-lo por completo, será necessário remover as entradas do IIS do ADFS no Proxy, para que o Wizard recrie toda a estrutura. Vamos lá:

Remova primeiro a Aplicação do ADFS que está rodando no IIS, utilizando o comando:

C:\Users\Username>c:\windows\system32\inetsrv\appcmd delete app “Default Web Site/adfs/ls”

No IIS, delete o Website do ADFS, logo abaixo do Default Web Site.

Após deletar a Aplicação e o Website do ADFS, vá até a Inetpub e delete a pasta ADFS:

clip_image001

Execute novamente o ADFS Federation Server Proxy Configuration Wizard:

image

Done!

Até a proxima.

Rodrigo Lopes
Absolut IT Soluções em Suporte e Tecnologia | Microsoft Cloud Partner
MTAC – Microsoft Technical Audience Contributor | MCT | MCSE: Windows Server 2012, Private Cloud | MCSA | MCITP | Enterprise, Server, Lync and Virtualization Administrator, MCTS| Active Directory, MCTS | Windows Server 2008 Virtualization, MCDST, MCP

Quando você executar o HCW no Exchange Server 2010 SP3, poderá se deparar com o seguinte erro:

image

O Exchange Server necessita de permissões no Tenant Online para executar a criação dos Connectors entre as Organizações On-premise e Online, então será necessário conectar o PowerShell ao Exchange Online:

Preferencialmente abra o PowerShell do Windows e execute os comandos:

$TenantCreds = Get-Credential ( Insira a conta com permissão de Administrador Global no Tenant Online)

Execute o comando:

$Session = New-PSSession -ConfigurationName Microsoft.Exchange -ConnectionUri https://ps.outlook.com/powershell/ -Credential $TenantCreds -Authentication Basic –AllowRedirection (sem quebra de linha)

image

Após o Warning de redireção de conexão em amarelo, execute o comando:

Import-PSSession $Session ( Esse comando irá importar todos os comandos do módulo do PowerShell para o Exchange Online)

Execute um comando como por exemplo o Get-AcceptedDomain para validar a conexão.

Após validada a conexão, rode novamente o Hybrid Configuration Wizard e o mesmo irá concluir sem erros!

Até a próxima!

Rodrigo Lopes
Absolut IT Soluções em Suporte e Tecnologia | Microsoft Cloud Partner
MTAC – Microsoft Technical Audience Contributor | MCT | MCSE: Windows Server 2012, Private Cloud | MCSA | MCITP | Enterprise, Server, Lync and Virtualization Administrator, MCTS| Active Directory, MCTS | Windows Server 2008 Virtualization, MCDST, MCP

Ao Executar o HCW, você poderá se deparar com a segunte dificuldade:

clip_image001

Para resolver e conseguir criar seu record TXT no DNS Externo, vá ao Exchange Management Shell e digite o comando:

Get-FederatedDomainProof -DomainName seudominio.com.br

Copie o record exibido em Proof e crie seu record TXT no DNS externo.

Após esse procedimento, será necessário aguardar o seu DNS validar e replicar as configurações.

Execute novamente o Hybrid Configuration Wizard.

Até a próxima!

Rodrigo Lopes
Absolut IT Soluções em Suporte e Tecnologia | Microsoft Cloud Partner
MTAC – Microsoft Technical Audience Contributor | MCT | MCSE: Windows Server 2012, Private Cloud | MCSA | MCITP | Enterprise, Server, Lync and Virtualization Administrator, MCTS| Active Directory, MCTS | Windows Server 2008 Virtualization, MCDST, MCP

Olá galera !

Muita gente me questiona a respeito de Recovery de Databases no Exchange Server e sem dúvidas é uma das questões mais importantes para quem é ADM de Messaging.

Caso você não possua DAGs (Exchange 2010 e Exchange 2013) é melhor se preocupar bastante com essa questão !!

Abaixo vou demonstrar para vocês como se recupera uma Database de Exchange em caso de problemas, utilizando o comando ESEUTIL, visto que o ISINTEG foi removido do Exchange a partir da versão 2010 SP1:

Primeiro é necessário garantir que a Database esteja mesmo comprometida. Tente montá-la clicando com o botão direito sobre a mesma e “Mount Database“.

Caso ocorra um erro ao montar, se atente a respeito das demais Databases, se todas tiverem desmontadas, verifique se o Serviço Information Store está iniciado.

Se estiver iniciado, verifique o status da Database em questão com o comando ESEUTIL/MH:

Caso esteja em Clean Shutdown, vá até a pasta de LOGS da Database em questão e mova todos para uma pasta Backup, depois compacte e guarde caso seja necessário.

Movendo os logs a Database deverá montar, visto não estar corrompida.

Caso o output do comando seja este:

Significa que a Database está mesmo comprometida. Você poderá optar pela solução mais simples, Restore de um Backup atual ou Repair da Database utilizando o comando ESEUTIL.

Caso o comando ESEUTIL /MH informe que existe um log perdido ou corrompido, você poderá optar por executar o comando ESEUTIL /R , denominado SOFT RECOVERY, informando o log perdido conforme segue:

Após executar o comando acima, o resultado deverá ser:

Ai é só montar a Database recuperada.

Em caso de perda de arquivos, ocasionando Dirty Shutdown é necessário utilizar o método HARD RECOVERY da Database, utilizando o comando ESEUTIL /P:

Dependendo do tamanho da sua Database, Memória e Processadores do Servidor em questão, você terá um cálculo de 12hs para recuperar uma Database de 100GB.

Recomendo sempre aos meus alunos e clientes que executem o ESEUTIL em uma cópia da Database corrompida e se possível, leve-a para outro Servidor que tenha um espaço em disco melhor, mais processadores e mais memória pois tudo isso influencia no Repair.

O cálculo de espaço necessário para recovery de uma Database de 100Gb como no exemplo é:

100gb + 100gb + 20% onde os 100gb adicionais são para o arquivo TEMP gerado e os 20% a mais para o processamento do comando.

**Os comandos funcionam em todas as versões do Exchange Server.

Fica uma dica, sempre tenha um bom Backup que lhe proporcione o RESTORE da Database caso seja necessário, pois o Repair da DB é sempre mais demorado.

Fontes utilizadas no post:

http://www.mikepfeiffer.net/2010/04/getting-an-exchange-database-into-a-clean-shutdown-state-using-eseutil/

http://www.computerperformance.co.uk/exchange2010/exchange_2010_eseutil.htm

Um grande abraço a todos !

Rodrigo Lopes
Absolut IT Soluções em Suporte e Tecnologia | Microsoft Partner
MCT | MCSE | MCITP | Enterprise, Server, Lync and Virtualization Administrator, MCSA, MCTS | Active Directory, MCTS | Windows Server 2008 Virtualization, MCDST

Fala galerinha !

A Microsoft disponibilizou a versão beta do Microsoft Assessment and Planning (MAP) Toolkit 6.0 no Connect.

Para baixar a ferramenta, basta entrar no site http://connect.microsoft.com e se inscrever no programa de avaliação da ferramenta.

Mais informações abaixo:

Microsoft Assessment and Planning Toolkit 6.0 Beta

Beta review program now open!

We invite you to join the Microsoft Assessment and Planning (MAP) Beta program! As
a MAP Beta program member you have the opportunity to test drive the next
version of MAP—version 6.0! MAP 6.0 Beta includes some exciting new features to
help you accelerate the adoption Microsoft private and public cloud platforms.
Give the tool a try and let us know what you think!

MAP 6.0 Beta: Accelerate the adoption of Microsoft private and public cloud
platforms

Planning your journey to the cloud just got a bit easier. The next release of the
Microsoft Assessment and Planning (MAP) Toolkit—version 6.0 Beta—includes
assessment capabilities to evaluate workloads for both public and private cloud
platforms. With MAP 6.0 Beta, you now have the ability to identify workloads and
estimate the infrastructure size and resources needed for both Windows Azure and
Hyper-V Fast Track. Also new to MAP 6.0 Beta is the Office 365 client
assessment, enhanced VMware inventory, and Oracle schema discovery and
reporting. Expanded assessment and discovery capabilities from MAP help you
streamline planning for your next migration project. Plan what’s next with
MAP.

New features and benefits from MAP 6.0 Beta release help you:

·         Analyze
your portfolio of applications for a move to the Windows Azure
Platform

·         Accelerate
planning to private cloud with Hyper-V Cloud Fast Track onboarding

·         Identify
migration opportunities with enhanced heterogeneous server environment
inventory

·         Assess
your client environment for Office 365 readiness

·         Determine
readiness for migration to Windows Internet Explorer 9

·         Discover
Oracle database schemas for migration to SQL Server

The  MAP 6.0 Beta review program is now open.

MAP 6.0
Beta review will run through mid-July, 2011. download the beta materials today

MAP works with the Microsoft Deployment Toolkit and Security Compliance Manager to help you plan, securely deploy, and manage new Microsoft technologies —easier, faster, and at less cost.

Fonte: http://connect.microsoft.com

Abraços,

Rodrigo Lopes
Absolut IT Soluções em Suporte e Tecnologia | Microsoft Partner
MCT | MCITP | Enterprise, Server and Virtualization Administrator, MCSA, MCTS | Active Directory, MCTS | Windows Server 2008 Virtualization, MCDST
IM: rodrigollopes@live.com